Sempre gostamos da tripla jornada. Trabalhar, não cuidar da casa e inventar coisas para fazer de madrugada.

Teve uma época que foi uma fanzine com cola e papel, pretexto para tirar xerox, dar festas de lançamento com muito prejuízo e muita ressaca depois.

e por que não fazer tudo de novo 20 anos depois? porque ia dar um puta trabalho e ninguém tinha tempo e mil outras coisas. porque a gente já tinha falado muito sobre todos esses assuntos de mulher, de homem, de mulher e homem, de sexo, de telefonema (hoje em dia ninguém nem mais liga pra ninguém…)

E tem tanta gente falando tanta coisa. Sobre homem, mulher, sexo. A gente ia ter que avisar que fomos nós as criadoras da expressão DR. Que ajudamos a popularizar o termo pretendente.

Mas a verdade é que não estamos nem aí.

Bateu saudades e a gente resolveu falar tudo de novo.

E a tripla jornada continua!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s