Por um minuto, sinto que escapamos. Por um minuto, uma espécie de vitória, alívio.
” O que é DR?”, pergunta Temer aos jornalistas.  “O que é DR?”
Por um minuto estamos salvas, aleluia.

Ele não sabe o que é DR e vira manchete. Porque o “jornalismo” gosta de tratar essa criatura como um tiozão prosaico que nos diverte e nos faz rir. [bom dia, decadência]. Pois eu explico, caro senhor, DR é essa palavrinha de duas letras e ela significa discussão de relacionamento. E, olha, fomos nós que inventamos. Sim, fomos nós, aqui do 02 Neurônio. Os historiadores comprovarão. Os arqueólogos do futuro encontrarão as provas.  Quem inventou esta palavra conhecida em toda a galáxia {de Gutenberg, emendaria o Xico}, fomos nós . [efeito sonoro: multidão aplaude em êxtase.]

A verdade é que nunca ficamos nos vangloriando [o quanto deveríamos]. Ano passado, numa destas sofríveis reuniões em uma sala de RH, a moça falou que o meu currículo não “vendia” essa pessoa maravilhosa que eu jurava ser, ali sentada na frente dela.  Tive vontade de falar: claro, eu sou uma farsa. Mas cheguei em casa e, obediente à mais valia,  tasquei no currículo. “Nós inventamos a palavra DR”. Pensei que, no dia seguinte, eu seria recebida com uma banda na portaria da empresa.  Aparentemente, ela não entendeu a grandeza deste feito.
E acho que nem a gente.

Tem gente que inventou o avião, tem gente que inventou  a teoria da relatividade, tem gente inventou o computador e, nós… Nós, porra, inventamos a palavra DR. Desculpa, humanidade, a gente inventou uma palavra. Uma palavra, gente, que coisa linda. A coisa que a gente mais ama.

Eu sei, palavras não pertencem a ninguém, palavras são do mundo e de todas as bocas. E não importa quem as inventou, importa que elas seja ditas e, assim, estejam vivas.  Mas sinto, por um minuto, que escapamos. Que estamos longe daquelas  mãozinhas usurpadoras. Ele nos tirou a presidenta, nos tirou os direitos, nossa decência enquanto brasileiros. Mas não botou as mãos na nossa maior invenção.

E eu aviso: fique longe dela, seu golpista de merda.

1 Comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s